segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Frases do dia!


Recuperar e prevenir
O representante da República para a Madeira, Ireneu Barreto, avisou que a comunidade “espera que os seus representantes, em conjunto, possam trabalhar para recuperar dos acontecimentos do passado e prevenir as incertezas do futuro”, apesar das “naturais divergências pontuais”.
Contra dividendos políticos
O presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Tranquada Gomes, apelou que “o triste acontecimento” dos incêndios não seja utilizada como “arma de arremesso político”.
Desejou ainda que o discurso político seja elevado e se traduza “na apresentação de propostas concretas exequíveis e financeiramente sustentáveis”.
Momento para todos remar no mesmo sentido
Rodrigo Trancoso, presidente da Assembleia Municipal do Funchal, considerou que “este é o momento para todos remarmos no mesmo sentido”. Apelou por isso ao “bom senso, maturidade e sentido de responsabilidade” dos decisores políticos.

Unidos no esforço
Rui Santos, do PSD: Além da “incontornável homenagem” aos que enfrentaram o fogo, lembrou que “precisamos do esforço unido de todos”, nomeadamente Câmara e Governo. Elogiou também a CMF por ser “desde há muitos anos exemplar como trata as juntas de freguesia”.

Cumprir a missão de ajudar

Guida Vieira, da coligação Mudança: Apesar de lamentar “os telefonemas não atendidos” e as “páginas nas redes sociais a denegrir”, porque isso não ajuda ninguém, garantiu que os autarcas tudo farão para cumprir a sua missão de ajudar em tudo o que for possível para minimizar a dor.

Este homem é mesmo uma nulidade!


O tacho sempre, e em primeiro lugar...


sábado, 13 de agosto de 2016

Noticia de ultima hora.

Veio do continente uma empresa de comunicação para inverter a imagem de Miguel Albuquerque e do PSD-M

terça-feira, 9 de agosto de 2016

PAULO CAFÔFO SOBRE O ESTADO DE EMERGÊNCIA MUNICIPAL


O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, acaba de falar aos meios de comunicação social, na sequência do ativação do Plano Municipal de Emergência, para descrever uma "noite dramática e uma intervenção extremamente difícil, que podia ter causado danos muito mais graves, não fosse o esforço incrível de todas as autoridades envolvidas e, em particular, dos Bombeiros." 

Durante a madrugada, a questão urbana foi a maior preocupação, uma vez que variadas casas e equipamentos colectivos estiveram em perigo. Neste momento, "o fogo já chegou ao Chão da Lagoa e ao Pico Alto, continuando a afetar bastante as zonas altas do Monte (Corujeira), com possibilidade de evacuação do Lar de Sta. Isabel, e ainda zonas como as Courelas e a Alegria, onde tudo começou." O Presidente acredita que a intervenção do Exército será necessária e confirmou que o RG3 já está a receber as famílias evacuadas.

Entretanto já decorre uma reunião com todos os corpos dirigentes da autarquia, "com toda a estrutura da CMF a ser posta ao serviço da cidade", segundo o Presidente. Paulo Cafôfo enalteceu que "o Funchal funciona!" e que começarão a ser repostas gradualmente as ligações de água, electricidade e comunicações. Há nova reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil ao meio-dia, assim que se verifiquem in loco os estragos, para restabelecer prioridades e realocar meios. 

A Câmara Municipal do Funchal apela mais uma vez a todos os cidadãos que sejam prudentes, que mantenham a calma e que confiem nas autoridades no terreno, que estão a fazer o melhor que sabem e que vão vencer esta luta, uma vez mais.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Novo nome do aeroporto devia chamar se ?

    Alberto João Jardim, presidente do Governo da Região Autónoma da Madeira. Nasceu a 4 de
    Fevereiro de 1943 na cidade do Funchal.

    António da Cunha Telles, produtor e realizador de cinema. Nasceu a 26 de Fevereiro de 1935, no Funchal, e é um dos iniciadores do Cinema Novo em Portugal.

    Artur de Sousa Pinga, jogador de futebol no Club Sport Marítimo do Funchal e no FC do Porto. Nasceu a 30 de Setembro de 1909 e morreu a 12 de Julho de 1963, no Porto.

    Cristiano Ronaldo, jogador de futebol e membro da Selecção Portuguesa de Futebol. Nasceu a 5 de Fevereiro de 1985, no Funchal.

    Fátima Lopes, estilista de carreira internacional. Nasceu a 8 de Março de 1965, no Funchal.

    Francisco Franco de Sousa, escultor que projectou a estátua do Cristo Rei, em Almada. Nasceu a 9 de Outubro de 1885 e morreu em Lisboa, a 15 de Fevereiro de 1955.

    Herberto Hélder, poeta e escritor português. Foi vencedor do Prémio Pessoa, em 1994, mas recusou-o. Nasceu a 23 de Novembro de 1930.

    João Fernandes Vieira, governador e capitão-geral da capitania da Paraíba e capitão-general de Angola. Nasceu em 1613 e morreu em 1681.

    Joel Serrão, professor e historiador. Nasceu no Funchal em 1919 e morreu em Sesimbra a 5 de Março de 2008.

    Vicente de Freitas, militar, cartógrafo e político português ligado ao golpe de 28 de Maio de 1926 e ao governo da Ditadura Nacional que se lhe seguiu. Nasceu a 22 de Janeiro de 1869, na Calheta, e morreu em Lisboa a 6 de Setembro de 1952.

sábado, 16 de julho de 2016

Frase do dia!


"A Câmara Municipal do Funchal não se resume a um executivo ou um presidente. Somos todos. E cabe a todos nós encontrar soluções para o Concelho". 

Paulo Cafôfo , Presidente da Câmara Municipal do Funchal

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Os Renovadinhos aí estão. Para eles parece não haver passado.

Nunca é demais lembrar o que se  passa com o ''grupo'' Pestana/Sousa e agora também Prada.

Estes são caso único. São verdadeiros lideres, na Madeira, na obtenção sem concurso, de todo o tipo de bens. Tudo lhes é dado de mão beijada!

Senão vejamos;

Casino sem concurso.
Empresa de Cervejas da Madeira sem concurso.
Hotéis com isenções de impostos e apoios comunitários a 75%. Depois à socapa lá vem o time-sharing.
Centro Internacional de Negócios - SDM - Zona Franca, sem concurso.
Novo hotel Pestana CR7, sem concurso.
Isto para não falar de muitas outras situações.

Já agora, falam muito do IVA a propósito do CINM, e lançam muita poeira para o ar. A verdade é que é o todo nacional quem mais ganha e não a Madeira, que agora recebe per-capita.
Quanto ao IRS e ao IRC, é o que se sabe. Uma miséria.

Fonte: R